fbpx

Terçol o que é e como cuidar?


Hoje vamos falar sobre um probleminha que acaba afetando uma pequena parcela da população e ainda é alvo de mitos familiares. Vamos conversar sobre o Terçol. Vamos lá?

O que é o Terçol?

Para quem não sabe o Terçol se forma com base em uma infecção nas glândulas sudoríparas apócrinas e nas sebáceas.

Normalmente isso se dá a falta de higiene adequada, mas também existem outros pontos que aumentam o risco como o simples ato de esfregar os olhos com mãos sujas ou mesmo problemas nutricionais.

A inflamação é vista na parte da manhã, já que o Terçol se incha com pus e água durante a noite, pode causar uma coceira de leve a insuportável e dor.

Como tratar?

É importante sempre manter as mãos limpas quando for cuidar da região dos olhos, sendo feito o tratamento com a limpeza da região das pálpebras com água morna.

Aplique compressas quentes ao longo do dia para tentar diminuir o inchaço e assim acelerar a drenagem da água e pus. Cada vez que sair as secreções e pus do Terçol é importante lavá-lo novamente. Quantas vezes forem necessárias.

Depois que o terçol começa a drenar, se cura por si só, e pode deixar uma marca. É importante nunca fazer um corte no terçol para drená-lo mais rápido, porque esta punção derrama o seu conteúdo e faz com que a infecção se propague.

Quais são os cuidados se deve ter com o Terçol?

A partir da noite anterior em que se apresenta o problema é possível sentir coceira e a pálpebra pode ser observada inchada. Por esse motivo, é importante começar com a higiene e aplicar uma pomada oftálmica antibiótica especial.

Não convém utilizar os antibióticos de uso geral, mas sim cremes para a área dos olhos com eritromicina, cloranfenicol ou amoxicilina, outras opções são pomadas antibióticas que são utilizados no tratamento da conjuntivite, como por exemplo, moxifloxacino ou bacitracina de zinco. Não utilize cosméticos na pálpebra durante o tratamento de terçol, evite a maquiagem e deixe de usar lentes de contato no olho afetado.

Como prevenir a formação de um terçol?

Uma boa higiene é a melhor forma de prevenção quando se trata de um terçol. Isto é especialmente importante no caso de recorrência, em um local diferente na pálpebra ou na outra pálpebra.

Uma maneira de reduzir o risco de aparecimento dele é retirar sempre a maquiagem antes de ir dormir.

Certas doenças da pele tais como rosácea ou blefarite, podem ser responsáveis ​​pelo aparecimento de terçol recorrente, apesar de realizar uma boa higiene. Em tais casos, é preciso consultar um dermatologista para que possa controlar a condição já existente e evitar a formação futura de terçol nos olhos.

Então, gostou desse artigo?

Aproveite e compartilhe com seus amigos esse artigo e não deixe de comentar abaixo.